80 passos para casar - Folha de São Paulo

Sites ajudam noivas a planejar casamento. O iCasei, lançado em 2007 possui um modelo de negócio que se tornou destaque onde os noivos criam lista de casamento "fictícias" e recebem os presentes em dinheiro ao invés do item. Além da lista de casamento, o site de casamento possui um sistema de cotas de lua de mel entre os mais de 80 recursos disponíveis.

Matéria:

“Um modelo de negócio para casamentos mais solidificados é o das lista de casamento. O iCasei, site lançado em 2007 em que os noivos criam lista de casamento "fictícias" e recebem o dinheiro correspondente ao produto, em vez do item em si, movimenta R$ 4 milhões por mês com o serviço - a empresa fica com 2% do valor da transação. "Atendemos a um nicho de pessoas que não querem receber presentes físicos porque já moram juntas ou vão morar fora", diz Luis Machado, 34, presidente-executivo da empresa, que faturou R$ 2,8 milhões em 2011 (a maior parte da receita vem da venda de sites para os noivos).” (Folha de São Paulo, Out. 2012).